search this blog

Namorar pra casar?

02 maio 2016


Quando se fala em casamento com os jovens de hoje é quase inevitável não ver a reação de espanto em seus rostos, aliás namorar pra casar está fora de moda, o negócio é curtir e aproveitar o momento. Mas para nós Cristãos o namoro é algo muito sério, como um ensaio para o casamento onde ambos lados se conhecem dia após dia, mês após mês até chegar o grande dia. Há quem ache que no namoro cristão não pode haver beijo, há outros que preferem não ter muito contato, mas seja qual for o tipo de namoro que escolher, que este seja para agradar a Deus.

Uns dias atrás eu estava lendo um artigo do MVC (Minha Vida Cristã) e o título era "Um namoro que o céu aplaude", achei tão interessante que dividi com minhas amigas e agora dividirei uns trechos com vocês:

"A Bíblia não fala nada sobre namoro. Fala sim das responsabilidades do homem e da mulher no casamento. Sendo assim, a ideia bíblica do relacionamento amoroso entre homem e mulher é o casamento. No entanto, a sociedade acostumou-se a tomar este tempo antes do casamento, onde duas pessoas encontram-se comprometidas e desfrutam de certa intimidade física e emocional, ao quê chamamos namoro. Pelo fato de não sermos do mundo, mas estarmos no mundo, muitas vezes, necessitamos nos adaptar e contextualizarmos nosso modo de viver de acordo com a sociedade. É por isso que, ao longo dos anos, os cristãos adotaram o hábito de namorar. Não há nada de errado, mal ou anti-bíblico em um cristão namorar. Porém, o namoro de um cristão confesso, que vive para Deus, deve ser um namoro que esteja de acordo com os preceitos e valores do seu Senhor, e, portanto, um namoro que o céu aplauda."

Alguns exemplos desse namoro é a fidelidade do casal, compromisso para com o parceiro, o foco nos mesmos valores, ideais e princípios. E a questão de não namorar para ser feliz, mas para fazer um ao outro feliz. E por fim, chegamos ao casamento. Não adianta namorar, para não casar.


E o autor Luciano Bruno, finaliza:

"No entanto, há uma característica de um namoro que o céu aplaude que julgo ser a mais importante. Um namoro que o céu aplaude tem como inevitável e almejado “final” o casamento. O namoro que o céu aplaude não é um fim em si mesmo, mas um meio para um fim, a saber, o casamento. Se a Bíblia nada fala sobre namoro, mas somente sobre casamento e nós “inventamos” que é necessário namorarmos, é claro que devemos fazê-lo somente se o objetivo for o casamento (...) Paulo disse que, por ele, seria melhor se não nos casássemos. Pego uma carona nas palavras do apóstolo e digo que seria melhor se os solteiros não namorassem, a não ser que já tenham plena convicção de que o namoro culminará em um casamento. No mais, é melhor que fiquem solteiros…"

Artigo na íntegra: (www)

Entendeu a importância do namoro? Não namore apenas por carência, ou porque suas amigas namoram, ou até se o cara for legal com você mesmo sem você ter sentimentos por ele. Namore com o objetivo de fazer seu parceiro feliz, sabendo que ambos necessitam da responsabilidade de ter os mesmos valores e ideais e principalmente para que vocês possam chegar juntos ao altar. Não se esqueça, no fim valerá a pena ter um namoro que o céu aplauda.






0 comentários:

Enviar um comentário

featured Slider

Show Sidebar (Default y )

Pinterest Gallery