search this blog

Inverno de Deus

22 julho 2016


O vento soprava absurdamente, eu já tinha contado as horas pra escurecer. Parecia que a chuva não iria parar, o galhos se sacudiam uns com outros, eu tinha que continuar. Levantei meu capuz pra ver se conseguia enxergar melhor apesar da chuva eu começava a ver a montanha ali na frente. Não me lembrava o motivo por ter entrado naquela floresta, os pés estavam muito cansados, eu queria dormir só um pouco. Suspiro e até isso sai gelado, e me canso mais um pouco. " Só vou parar um pouco, só um pouquinho" Procuro uma arvore e acho uma que dá pra eu descansar,  preciso correr , mas estou tão cansada, só um pouco.

"ACORDA" eu ouço, e abro os olhos minha roupa esta molhada, sinto como se alguém estivesse comigo, olho para os lados e não vejo ninguém, meu corpo dói, eu sinto uma frieza dentro do meu corpo, e pra piorar já esta escuro. Sinto vontade de chorar, e de ficar ali mesmo, pra que continuar? Dou mais alguns passos e chego no paredão de pedra, não sei como mas tenho certeza que tenho que subir. Não vejo como, mas fico olhando para o paredão, uma montanha grande, penso que preciso arrumar um abrigo mais rápido. Olho para as arvores elas estão secas, tudo escuro,feio, até que olho para um caminho lateral que se eu subir com calma não vou escorregar. Subo, devagar mais subo, eu começo a tremer minhas mãos estão brancas como se não tivesse mais sangue nelas. 

Chego no topo e continuo andar, o desanimo , a fraqueza já tomou conta de mim, falta pouco pra eu desmaiar de exaustão , escuto " Só mais um pouco, vou estar lá." Penso que é o vento, e acho que estou ficando louca. Vejo uma casa bem iluminada ao longe, ela parecia que estava cheia de pessoas, tento correr mais não dá, vou tropeçando e estendo a mão, mais caio e no chão, antes de desmaiar escuto " Estou te segurando."

Acordo com cobertor em cima de mim  , havia muitas pessoas em volta de uma lareira, ninguém olhava para mim, só  ficam rindo e olhando pra um homem tocando violão, ele sorrir pra mim, e diz " Agora você se tornou um carvalho de justiça...' O sorriso aparece muito antes de perguntar. " Era você?" Ele responde: " Vou sempre estar..." E dessa vez me sinto inteiramente aquecida...

Você já passou por isso? O inverno de Deus? Aquela fase da vida em que você não vê nada, tudo é chato, tudo dói, tudo e desânimo, tudo é feio. ? Se já, sabe como e doloroso, mas esse texto é pra quem não passou, ou melhor é pra quem está. Deus na sua infinta sabedoria fez quatro estações, e bom eu Thalita, de todas a que eu menos gosto é o inverno, detesto sentir frio e me sentir fria. 

O que infelizmente na nossa caminhada cristã isso ocorre, também. Sentir frio, sem vontade de adorar, sem vontade de fazer nada pra Deus, simplesmente porque as tempestades vem, as circunstâncias aparecem e nos impede de ver o nosso abrigo que é o Senhor. Ou por não ver mais nada de Deus mesmo. Porém a palavra de Deus diz " Que TODAS as coisas cooperam para aqueles que amam a Deus e andam segundo seu propósito" Então ate isso serve pra nos fortalecer, nos tornar mais fortes como as arvores que precisam passar por isso , para que floresçam.

Se você está desse jeito não  fique triste, Deus esta te moldando, você sera um carvalho de justiça:


...e dar a todos os que choram em Sião uma bela coroa em vez de cinzas, o óleo da alegria em vez de pranto, e um manto de louvor em vez de espírito deprimido. Eles serão chamados carvalhos de justiça, plantio do Senhor, para manifestação da sua glória.


Isaías 61:3-3






0 comentários:

Enviar um comentário

featured Slider

Show Sidebar (Default y )

Pinterest Gallery